CHANTE FRANCE

Ocorreu um erro neste gadget
OBRIGADO PELA VISITA

O TEMPO CONTEM A TERNIDADE

CADA DIA NOVA VIDA

Calendario

O Tempo nos conduz a Deus

quinta-feira, 29 de abril de 2010

O LAVA-PÉS É TODO GESTO DE AMOR AOS IRMÃOS.


Quinta Feira
4ªSemana da Pásacoa
Jo.13,16-20

Tendo deixado a primeira parte do Evangelho de São João, o famoso livro dos sinais, entramos agora em sua segunda parte, o livro da glória. Este se abre com a cena inesquecível do lava-pés. No entanto, este texto foi solenemente proclamado pela Igreja na noite de quinta-feira Santa, quando se iniciava a celebração do tríduo pascal na Missa da Ceia do Senhor. Nós o saltamos e contemplamos Jesus que, após este gesto retoma o Seu manto e volta para o Seu lugar.

“Compreendei o que vos fiz”, diz-nos o texto de hoje, “vós Me chamais Senhor e Mestre - e fazeis bem - porque Eu o sou. Se Eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros, e sereis felizes se praticardes estas coisas”.

O lava-pés não é uma cerimônia folclórica a ser representada de maneira mais ou menos teatral na Missa de quinta-feira à noite. O Lava-pés deve estar sempre presente na Igreja - devem lavar os pés de todos, em primeiro lugar, os Ministros do Senhor, os Sacerdotes do Senhor. Cada vez que nós exercemos com fidelidade e dedicação o nosso Ministério, sem busca de outro interesse a não ser o verdadeiro interesse daquela pessoa, nós lhe lavamos os pés.

O Ministério Sacerdotal é - para os Sacerdotes santos e que desejam traduzir o exemplo de Jesus - uma realidade de todo dia. Cada dia podemos lavar os pés de algumas pessoas – e  não apenas nós, Sacerdotes. Nosso ministério pode perfeitamente ser chamado o Ministério do Lava-pés, pois estamos sempre e somente a serviço do Povo fiel. Mas este Povo fiel, por sua vez, pode também buscar o exemplo de Jesus e começar hoje, já em família, na profissão, entre amigos e com quaisquer pessoas que Deus lhe colocar à frente, a lavar-lhes os pés.

Não somos chamados a ser servidos, mas a Servir, e serão felizes aqueles que descobrirem, através da Pregação deste texto evangélico, que sua Missão deve ser fielmente cumprida e será consumada no serviço.

Você pode escolher a maneira apropriada de servir a Comunidade, de servir algum irmão, de servir a Igreja - em poucas palavras - de servir Jesus em cada uma destas pessoas. Você pode hoje continuar o Lava-pés de Cristo, servindo um determinado irmão.

Lembre-se sempre da expressão de Jesus: “O que fizestes ao menor deles, a Mim o fizestes”.(*)

c / f Padre Fernando C. Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário